Marketing e Captação de Recursos. Uma lição que aprendi de uma maneira inusitada.

Não importa se você é empresário, captador de recursos, gestor de projetos ou ministro eclesiástico. Eu preciso compartilhar com você uma lição sobre marketing que tive essa semana, e que certamente irá agregar muito valor para a sua vida profissional e familiar.

O Conceito

Mas o que é marketing, afinal? Eis aqui algumas definições de importantes estudiosos no assunto:

“Marketing são as atividades sistemáticas de uma organização humana, voltada para a busca e realização de trocas com seu meio ambiente, visando benefícios específicos”. (Raimar Richers)

“Marketing é o conjunto de atividades humanas que tem por objetivo facilitar e consumar relações de troca”. (Kotler)

“… o processo através do qual a economia é integrada à sociedade para servir às necessidades humanas”. (Peter Drucker)

A Experiência

Estava voltando de uma reunião com um cliente em São Paulo em pleno horário de pico, onde muitos veículos se acumulam nas filas quase que intermináveis do trânsito paulistano, com seus motoristas ávidos por quererem chegar em seus destinos.

Estava pilotando minha moto e, em um dos faróis, pude ver um vendedor de pipocas e amendoins trabalhando intensamente a cada sinal vermelho.

Me atentei para o fato dele estar atendendo a última e penúltima fila de veículos composta, em sua maioria, por caminhões e outros veículos de transporte. As duas primeira filas não eram “visitadas” pelo vendedor e me supreendeu ver que o pobre homem já não estava mais dando conta dos pedidos que estavam sendo gerados pelo seus clientes, que businavam impacientes aguardando-o.

A Lição

Eu fiquei impressionado de como aquele homem aplicava conceitos elementares de marketing oferecendo o produto certo, para o mercado certo, na hora certa, no local certo a um preço certo!

Havia necessidades que precisavam ser atendidas naquele momento e aquele vendedor soube se posicionar para saber quem eram seus clientes e quais eram as suas necessidades.

Você pode ter uma empresa, trabalhar em uma, ser membro de uma ONG ou uma instituição religiosa. Quer onde esteja, você precisa ter em mente qual é o seu público alvo e como irá se comunicar com ele.

Identificar suas necessidades e promover essa integração, essa troca, é fundamental para que você tenha sucesso naquilo que você faz de maneira duradoura.

Um forte abraço e não se esqueça dessa história!

———

 Foto: Portal G1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s