Características de um Captador de Recursos, de acordo com a Bíblia

 Você já ouviu falar do ofício de captador de recursos?

Pois bem, essa profissão existe, e é fundamental para a garantia da sustentabilidade de projetos sociais, missionários, e até mesmo das próprias instituições.

Em 1 Sm 16.18 temos uma descrição do rei Davi, um grande governante, um habilidoso general de guerra e um administrador eficiente.

Dessa forma, ao olhar o respectivo texto, podemos certamente identificar característicos que precisam estar presentes na vida dos captadores de recursos em sua relevante e honrada atividade.

a) Bom músico (Competência especializada)
A qualidade estava alinhada ao contexto no qual a demanda por uma profissional foi gerada. Não significa dizer que todos nós precisamos ser bons músicos, aliás, há pessoas que tocam apenas campainhas.

Ser bom músico tem a ver com aptidão para um trabalho específico. Fazer bem, ter competência para exercer um trabalho, suprir uma necessidade que surgira naquele momento.

Podemos ser bons em várias áreas, mas é necessário entendermos em qual área nós somos muito bons, ou ótimos? Certamente isso nos ajudará a canalizar nossos esforços para determinada área e contribuir significativamente para a melhoria de determinada situação.

b) Valente (Capacidade de correr riscos)
A coragem presente na vida de Davi foi uma qualidade desenvolvida ao longo de sua juventude no pastoreio de suas ovelhas, onde teve , inclusive, que lutar contra um leão e um urso, prevalecendo contra eles.

O trabalho aqui não era apenas uma simples tarefa de tocar para o rei, mas de ser um ministro do Senhor para trazer libertação para o rei atormentado por um espírito maligno.

Certamente um homem medroso sairia correndo ao ver o grande rei Saul transtornado pelo espírito maligno, razão pela qual um homem valente seria um homem útil para o serviço.

A valentia se manifesta em uma situação de perigo, de risco. Manter os pensamentos organizador diante de situações extremas possibilita pessoas a vencerem grandes obstáculos e realizaram grandes conquistas.

c) Bom soldado (competência Sistêmica)
Davi estava vivendo um contexto de guerra entre o povo de Israel e o os filisteus. Embora pastor de ovelhas e um excelente músico, ter uma aptidão para a guerra possibilitava a Davi um enquadramento naquele contexto em que ele estava vivendo.

Compreender o momento no qual vivia o seu tempo, conhecer sobre inimigo enfrentado, política e cenário espiritual da época possibilitaram a Davi um atitude assertiva da e , principalmente, acertada ando posicionou-se diante do rei, de seus irmãos e, principalmente, diante do exército inimigo.

O fato de sermos muito bons em determinada área não nos exime de atuarmos dentro de um contexto, dentro de uma realidade sistêmica na qual pessoas, projetos e beneficiários estão interagindo.

d) Bom comunicador (Competência Expositiva)
A comunicação é o grande segredo de qualquer relacionamento. Não há como transmitir ideias, pensamentos e sentimentos sem que haja uso de da comunicação. Mais do que transmitir, comunicar é fazer com que a mensagem seja adequadamente recebida e assimilada pelo ouvinte.

Davi, conforme descrito, tinha essa habilidade, testificada por quem estava ao seu lado, fazendo-se bem entendido por seus interlocutores. Imagina colocar alguém para servir ao rei não sabendo, essa pessoa, nem como se comunicar com tal autoridade.

Como captadores e mobilizadores de recursos, faz-se necessário o domínio de tal habilidade, compartilhando a causa de forma eficaz, tocando o coração de pessoas, diretores de corporações e a própria equipe envolvida com a causa.

Um tempero que faz toda a diferença na comunicação é a paixão, principalmente pelo tema, área sobre a qual está abordando. Conforme Gallo (2014), “paixão e oratória são intimamente relacionadas”

e) Boa aparência (aptidão visual)
Entendo que o texto bíblico faz referência não a um padrão de beleza, até mesmo porque o a definição de beleza é relativa. Ou seja, o que é belo para mim, pode não ser para você.

Mas entendo que a descrição de Davi trata-se do conjunto relacionado à aparência, ou seja à exterioridade, à alguns aspectos pelos quais julgamos as pessoas e é indiscutível: todos nós fazemos uma pré-análise (eufemismo para preconceito) sobre as pessoa que estão à nossa frente.

A boa aparência é extremamente importante para aqueles que desenvolvem relacionamentos e promovem uma causa. Nesse contexto de captação de recursos, faz sentido o que o filósofo alemão Friedrich Schiller diz: “Todos julgam segundo a aparência, ninguém segundo a essência.”

Uma boa apresentação pessoal tem a capacidade de transmitir seriedade, profissionalismos e confiança àqueles que estarão lhe ouvindo. Ao mesmo tempo que a não observância pode causar impressões equivocadas sobre você, assim como pode também refletir desinteresse em relação a um potencial parceiro ou, até mesmo, sobre a própria causa.

Observe o próprio Deus orientando sobre o assunto: “o homem vê a aparência, mas o Senhor vê o coração”. (1Sm 16:7). Ou seja, o homem vê e se atenta para a aparência! Não deixe de contemplar isso no seu dia-a-dia.

f) O Senhor Deus está com ele (Aptidão Espiritual)
Essa característica de Davi talvez esteja por último não por sua menor relevância em relação às outras, mas porque é a principal, a que traz todo um diferencial, o fator crítico é decisivo do sucesso da vida daquele jovem.

Não adiantaria ele ter toda pés as outras se Deus não estivesse com ele, eu posso afirmar isso com toda convicção que tenho, tanto como cristao, assim também como um captador de recursos.

O fato de Deus estar com ele o conduziu a um outro patamar de avaliação por parte daqueles que recrutadores. Era o exatamente o que eles precisavam, em sua totalidade, era o homem certo, com as características certas para fazer um trabalho certo!

Recordo-me de um grande líder judeu, Moisés, que conduziu mais de 2,5 milhões de pessoas pelo deserto por quarenta anos. Em um momento de sua vida, ele afirmou algo demonstrando a essencialidade da presença de Deus: “Se tu mesmo [Deus] não fores conosco, não nos faça subir daqui.” (Ex 33.15)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s